“Nutri, eu posso liquidificar/peneirar a papinha do meu bebê?”

Olá pessoal! 💕

🗨️ Vamos conversar um pouquinho sobre Introdução Alimentar? 

🍎 A alimentação complementar é uma fase que as dúvidas predominam constantemente, não é verdade? Você também tem muitas dúvidas? 🙋🏽

🍌 Muitas coisas mudaram, são novas recomendações, estudos e mais estudos 📚 para que possamos cuidar ainda mais dos nossos pequenos.

🍊 Antigamente tínhamos uma orientação de que para fazer a papinha, teria que liquidificar ou peneirar as frutinhas, os vegetais e toda a comidinha do bebê, pois corria aí o medo do engasgo e a ideia de que os bebês não conseguiam morder/mastigar sem dentinhos.

🍉 Atualmente essa orientação não existe mais! Certo? 😉

Não pode nem liquidificar e nem peneirar as papinhas 👍🏽

🤔 “Ta Mi, mas porque?”

🍐 Porque a higienização desses utensílios é muito difícil. Com isso, acumula bactérias e mais bactérias, o que pode acometer uma infecção bacteriana no bebê. Além disso, muitos profissionais comprovaram que o risco de engasgo é raro e que o bebê consegue morder/mastigar apenas com a gengiva 😍

☺️ “E como fazer então?”

🥑 Muito simples, apenas amassar com o garfo ou raspar com a colher 🥄 Combinado? 😉

☝️🏽 Acredite, é possível! Confie no seu bebê! 🤗

Nutribeijos!

Anúncios

“Nutri, posso oferecer abacate para meu filho?”

Olá pessoal! 💕

Surgiu uma dúvida de uma mãezinha e resolvi responder aqui pra vocês 😍

🥑O abacate possui sódio, potássio, cálcio, fósforo, vitaminas A, C e do Complexo B.

🥑 É uma ótima fonte de energia, ajuda na formação de ossos e dentes e alivia na fadiga mental.

E sim, o abacate está liberado a partir dos 6 meses com o início da alimentação complementar 😉

Caso seu bebê tenha alergia alimentar, devemos ter cuidado com a introdução dos alimentos! Por isso, uma consulta com uma nutri é essencial nessa fase! 😊

“Mas Nutri, abacate é calórico!” 👉 Sim, por isso não devemos exagerar no seu consumo! Além disso, possui gorduras boas que é benéfica em várias reações no nosso organismo! 👍

Nutribeijos!

Utensílios para Introdução Alimentar: é necessário?

Olá pessoal! 💕

Esse post foi sugestão de uma mãe lá no Instagram e eu resolvi trazer pra vocês sobre esses alimentadores.

👉 Antes de mais nada: Qual a utilidade de usar esses objetos?
A indústria se aproveitou do medo das mães de que seus filhos poderiam se engasgar no início da alimentação complementar e inventou esses trecos.

Vamos relembrar algumas coisas:

  • A partir dos 6 meses o bebê está apto a introduzir alimentos sólidos – por isso o início da alimentação complementar.
  • A partir dos 6 meses o bebê está apto a ingerir as frutas/vegetais/cereais/proteínas na sua forma in natura ou em formas de papinhas.
  • Sabemos que a peneira não é recomendada mais devido seu alto teor de contaminação bacteriana.
  • Sabemos também que o risco de engasgo no bebê ocorre tanto em aleitamento (forma líquida) quanto nos sólidos (em forma de papinhas ou alimentos in natura).

👉 Agora eu faço uma pergunta pra vocês: A frutinha que fica dentro dessa redinha (primeira foto), o bebê irá ficar chupando, chupando e retirando todo o caldo da fruta. Do que realmente o bebê se alimentou?

De nada! Somente o suco não alimenta, não nutri, não tem fibras.. É disso que seu bebê precisa? Acredito e afirmo que não!

A fase da introdução alimentar é uma fase tão importante para que o bebê aprenda a comer bem e a conhecer os alimentos. A criança precisa explorar os alimentos, conhecer o seu gosto, sua textura, seu cheiro… e com essa redinha, a criança não vai ter nada nisso.

Colher dosadora… hum… pra que? Pra dosar o que a criança come? Pelo amor de Deus, quem decide o QUANTO comer é a criança! Vários estudam já comprovam que a criança aprende a controlar sozinha o poder de saciedade.

Aí muitos vão falar: “meu bebê usou e hoje come super bem!” e eu digo: graças à Deus, que continue assim. Esse post é apenas um informativo de algo totalmente inútil e desnecessário para o uso da criança.

Caso você tenha alguma dúvida, converse com o seu pediatra ou nutricionista para melhor orientação.
Nutribeijos!

 

 

Introdução Alimentar em bebês com APLV

Hello pessoal! 💖

Mais um assunto de interesse entre as mamães que tem seus filhos com APLV e esse post foi sugerido por uma mãe lá no Instagram!

Será que a IA de um bebê com APLV é diferente de um bebê que não tenha alergia?

☝ Sim, é totalmente diferente e por isso, é de extrema importância a orientação de um nutricionista especializado nessa fase tão importante!

⚠⚠Obs.: NENHUM POST SUBSTITUI UMA CONSULTA! O que escrevo aqui pra vocês são para o conhecimento de cada um! Procure sempre um profissional! ⚠⚠

☝ Diferentemente de um bebê sem alergia, onde todas as frutas, verduras e legumes estão liberados a partir dos 6 meses pela recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria, os bebês que possuem APLV não poderão de início, experimentar todas as frutas, legumes e verduras.

☝ Para iniciar a IA de um bebê com APLV, devemos ficar atento ao tipo de alergia que o bebê tem: se é IgE mediada ou IgE não mediada. Observe a imagem abaixo:

19-1

(Imagem retirada da internet)

👍 Damos preferência àqueles alimentos com baixo teor alergênico como maçã, pera, mamão, melão e até mesmo a banana. Dos vegetais então a batata, cenoura, abóbora, brócolis, por exemplo. Um novo alimento é oferecido a cada 2-4 dias caso o bebê não apresente nenhuma reação. Outros alimentos como o arroz, feijão e as carnes são oferecidos por volta dos 7º-8º mês, mas, isso não é uma regra, ta?

Sempre procure a orientação correta de um profissional especializado!
Nutribeijos!