“Nutri, porque NÃO devo colocar Sal na comidinha do bebê?”

Olá pessoal! 💕

☝️🏽Sabemos que a Introdução Complementar começa aos 6 meses, para bebês em aleitamento materno exclusivo ou em uso de fórmulas infantis. Antigamente, a comidinha do bebê era chamada de Papinha Salgada, e com isso, surge a dúvida: “afinal, deve conter sal?” Sendo assim, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) alterou o nome para Papinha Principal, combinado? 👍🏽

E afinal Mi, porque não deve ter Sal na comidinha do bebê? 🤔

  • Alguns estudos revelaram que a introdução precoce de sal, o bebê tem um risco aumentado de ter Hipertensão no futuro e outras doenças associadas.
  • O Sódio e outros nutrientes que um bebê precisa, estão totalmente presentes no Leite Materno, em fórmulas infantis e em outros alimentos. Quando esse sódio é acrescentado (nas comidinhas, por exemplo), em bebês com 6 meses, sabemos que os rins são muito imaturos ainda e não são capazes de metabolizar grandes quantidades de sódio.
  • Além disso, quando não adicionamos o sal, o bebê aprende a gostar do alimento natural e passa a ser melhor aceito.

👅 Nosso paladar já está acostumado com o “sal” e “açúcar” e muitas mães acreditam que o dos bebês sejam assim também. E não é verdade! A partir da Introdução Alimentar, ensinamos o bebê a criar hábitos alimentares saudáveis. Podemos temperar a comidinha do bebê com os temperos naturais: alho, cebola, salsa, cebolinha, orégano, coentro, etc.

🚨 O Ministério da Saúde preconiza a ingestão de sal a partir de 1 ano!

Nutribeijos!

Anúncios

Deixe um recado :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s