Náuseas e Vômitos na Gestação

É muito frequente futuras mamães reclamarem de enjoo matinal ou náuseas e vômitos e que afetam de 50 a 90% de todas as mulheres grávidas durante o primeiro trimestre de gestação e, geralmente melhora em torno da 17ª semana de gestação. A possível explicação para isso são as rápidas alterações hormonais do início da gravidez, entre eles estão o estrogênio, HCG e progesterona.  Esta forma comum de enjoos pode ser ajudada por simples medidas dietéticas. Apesar de todo esse incômodo, raramente causam algum problema no feto.

Quando o início da gravidez é caracterizado por vômitos excessivos e perda de peso, provavelmente apresenta um quadro de Hiperêmese Gravídica e o estado nutricional está comprometido. O desequilíbrio de fluidos e eletrólitos pode requerer hospitalização para reidratação e suporte nutricional, destacando que só ocorre a hospitalização em casos de desidratação. A hiperêmese gravídica se desenvolve em cerca de 2% das gestações e está associada com um aumento no hormônio tireóideo livre materno, assim como outros hormônios, inclusive o HCG (Goodwin, 2002).

E o tratamento??
Depende da gravidade dos sintomas. Algumas modificações na dieta como alimentos sólidos, com pouca gordura e de sabor salgado são tolerados. Assim como alimentos fontes de vit. B6 (bife de fígado, banana, salmão cozido, frango cozido, castanhas, abacate, manga, melancia, couve-de-bruxelas, entre outros). O mais importante, procure um profissional nutricionista para maiores orientações e acompanhamento nutricional durante a gravidez.

Nutribeijos!

Anúncios

Deixe um recado :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s